VIAGEM | CUBA, NÃO É BEM O QUE DIZEM POR AÍ

A coisa que mais gosto de fazer na vida é viajar, como expliquei na anterior publicação acerca da minha escapadinha a Tânger. Todos os anos tenho que ir a um lugar novo, seja de mochila às costas ou de trolley, tenho que ir. Preciso. Faz-me falta e faz-me bem.

Este ano a escolha foi Cuba, um país que tinha bastante curiosidade em conhecer, principalmente, por ser um país comunista onde (supostamente) não há classes sociais. Claro que as há, quem trabalha para o governo não ganha muito (para não dizer nada) e como há uns anos o governo permitiu a criação de negócios particulares (porque estavam a morrer à fome) a diferença social aumentou. O melhor é não dar a minha opinião profunda, mas apesar da fachada comunista eu gostei muito… adorei Havana, uma cidade com bastante potencial, com edifícios lindíssimos, segura, com pouco trânsito e o que há são dos seus carros maravilhosos.

Fiz três tours com a empresa Strawberry Tours, que aconselho vivamente, principalmente o tour pelo centro histórico. Aprendemos a realidade com cubanos de gema, contam-nos o seu ponto de vista, as suas experiências e a história de Cuba de uma forma bastante clara. Vale mesmo a pena porque cada um paga o que pode ou o que acha que o guia merece. Cinco estrelas!

Esta foi a primeira parte da minha viagem, a segunda tinha que ser na praia. Nas maravilhosas praias de Cuba, onde descansei, nadei, passei, fiz snorkeling até não dar mais. Água quente e sol cintilante é a melhor forma de acabar umas férias.

Deixo-vos com algumas fotos que tirei lá, para vós inspirar a ir e a desfrutar de um país onde nem tudo é o que dizem por aí.

Se gostou desta viagem, também vai adorar estas de mais viagens/experiências:

| siga todas as novidades do Meu Rebuliço no facebookinstagram e pinterest |

fotografias: Carolina Baracho Saleiro

Tags :

Também vai gostar:

  Subscribe  
Notificar-me de