HISTORIA | APROVEITAR OS DEFEITOS

A maioria de nós está fechado em casa e os diretos do Instagram, as vídeo chamadas em família ou profissionais, as danças do TikTok, as formações online e todo o tipo de conteúdo digital multiplicasse e são realizados e produzidos integramente dentro de casa. Não sei se é só a mim, mas quando vejo qualquer um deste tipo de conteúdo a primeira coisa que reparo é na zona circundante do protagonista: os detalhes, a arrumação e a harmonia; e, sinceramente, se a coisa é assim para o horrível (que tem sido a maioria) eu não consigo ter a total atenção no que a personagem está para ali a fazer ou a dizer.

Será que depois destes dias confinados, as pessoas vão ter mais consciência da importância da harmonia dentro de casa? Quero acreditar que sim, de qualquer forma, mesmo que não tenha confirmado em nenhum estudo de uma faculdade americana qualquer, posso garantir que as pessoas que têm uma casa criada a seu gosto e repleta de harmonia estão a passar bastante melhor esta quarentena.

E agora, já que estamos aqui, deixo-vos com um apartamento daqueles que eu adoro. Sueco, pequeno, simples e que aproveita ao máximo os seus pequenos defeitos, muito ao estilo Wabi-Sabi.

Por vezes desesperamos quando o ponto de luz não está no sítio que devia estar, mas é tão simples como assumi-lo e deixar o cabo pendurado para um toque de personalidade ao espaço. E quando temos paredes mal tratadas?! Umas pinceladas de tinta e ficamos com uma parede repleta de estilo. Deixar uma casa harmoniosa não tem que ser difícil e dispendioso, tem que ser simples e agradável.

fonte: Alvhem

Tags :

Também vai gostar:

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *