UM MINI DUPLEX ONDE HÁ ESPAÇO PARA TUDO

O tamanho não importa, é um daqueles chavões que ouvimos desde sempre com uma conotação assim para o ordinário. Ao associarmos este chavão a uma casa a conotação muda bastante, mas a maioria chama-me louca.

Conseguir mais espaço em casa

Eu acredito piamente que o tamanho não importa. Pronto, importa um pedacinho…, mas não é tudo o que precisamos para ter espaço para viver bem. O espaço consegue-se, principalmente, não acumulando tralhas que não precisamos para nada, aproveitando os espaços ao máximo e organizando tudo.

Resumindo: Desapegar, aproveitar e organizar.

Senão expliquem-me, como é que é possível que este duplex de apenas vinte e um metros quadrados uteis nos encha o coração de conforto e harmonia?

Aqui vivem duas pessoas perfeitamente, numa confortável sala de estar aberta para uma cozinha “nada pequena” e com um luminoso espaço de refeições. Ao subir as divertidas escadas em caracol, há um espaço amplo onde se descobre a zona de dormir, uma zona de relax com sofá e ainda uma zona de trabalho cheia de luz natural.

Pode não ser perfeito, mas é um oásis

Talvez este duplex não tenha a decoração mais bonita do mundo, mas mesmo assim transmite a sensação de lar, de aconchego que todos queremos ter quando chegamos a casa. Eu adoraria viver aqui, principalmente pelos detalhes e as características tão especiais do edifício.

Os detalhes não podem ser esquecidos

Claro que a base do edifício conta muita, as janelas, a orientação para que entre a luz do sol, os pormenores arquitetónicos…, mas nós podemos dar personalidade à nossa casa seja o espaço interessante ou não. Criando recantos que cativem e que nos convidem a ficar, onde normalmente a simplicidade ganha protagonismo.

Espaços de leitura ou relax, plantas naturais a dar vida ao espaço, cortinas que deixam entrar a luz (muitoooooooooo importante), um sofá confortável com algumas almofadas e mantinhas, uma cama bem feita e com almofadas decorativas, uma iluminação confortável (nada de luzes azuis), mantas à mão de semear… há tanta coisa que podemos fazer na nossa casa para que seja muito mais confortável e com mais personalidade.

Menos é mais

É muito importante nunca esquecer que “Menos é mais”, e isto não é um chavão é a realidade. Ter muita coisa tira-nos tempo e paciência, simplifiquemos o nosso dia a dia.

fonte: Stadshem

Comentar

Os campos obrigatórios estão marcados *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.