VIAGEM | TAILÂNDIA, A ARTE DO NORTE


Era cedo, muito cedo e lá fomos nós para o aeroporto. Partimos de Banguecoque até Chiang Rai, a capital de província mais a norte do país. A região faz fronteira com Myanmar e Laos. Um lugar longínquo, que ainda não foi dominado pelo turismo de massas.

Uma pequena cidade, mas com um dos templos mais bonitos que encontrei no país. Wat Rong Khun, mais conhecido por Templo Branco. Que ficou conhecido depois de, no inicio do século passado, um conceituado artista contemporâneo o ter adquirido e remodelado. À sua maneira.



Ficamos apenas uma noite em Chiang Rai, depois fomos para Chiang Mai numa longa viagem de autocarro, entre vilas e florestas divinais. Esta cidade é a segunda maior do país e apresenta-se como o lugar onde os artistas e artesãos vivem e expõe as suas obras. Adorei esta cidade, mudava-me para ela.













Também foi aqui que tive a melhor experiência da minha vida. Andei de elefante de forma selvagem. Foi fantástico e merece uma publicação especial, que fica para a próxima.

| siga todas as novidades do Meu Rebuliço no facebook, instagram e pinterest |

Tags :

Também vai gostar:

Deixe um comentário

Notificar-me de
wpDiscuz