Bem-vind@ ao Meu Rebuliço, eu sou a Carolina e é aqui que vou partilhar tudo aquilo que gosto, me apaixona e, talvez, alguma coisa que goste menos, mas sempre haverá muita decoração. A minha grande paixão, que me faz passar horas a ver, ler e a deslumbrar-me com imagens, inspirações e detalhes. Para mi, o lugar onde vivemos e como o fazemos representa o nosso interior, o nosso verdadeiro "eu" e, devido a isso, tem que estar criado para que nos sintamos confortáveis e relaxados. A nossa casa é o nosso oásis e espero que o Meu Rebuliço ajude a criar muitos oásis por este mundo fora.


  • Se há coisa que a decoração nórdica popularizou, foram as paredes claras e clean. Mas remodelar a casa para lhe dar um rebranding em branco pode parecer dispendioso ou uma carga de trabalhos, hoje venho mostrar-vos como ter um pavimento e paredes brancos pode ser mais simples do que parece. Vamos começar pelos pavimentos. Em […]
  • Há muito tempo que não fazia um espaço low cost, para que possam ter ambientes bonitos e harmoniosos por pouco. Hoje, crio uma sala de estar por menos de 700€ com produtos de uma só loja: o nosso querido Ikea. Cores suaves com um toque de bordô para dar o aconchego que o Outono precisa, […]
  • Sou uma grande defensora das paredes brancas e imaculadas, as que deixam os elementos decorativos destacar e não ofuscam toda a nossa visão com uma cor estridente que mal nos deixa piscar os olhos. Odeio de coração paredes pintadas de laranja e esse sentimento aumenta, numa proporção disparatada, quando falamos daquele verde elétrico tão de […]
  • Conheceu Ibiza no ano 2000 e apaixonou-se por ela. Construiu a sua primeira casa na ilha, mas não tinha nada a ver com esta. Fez renascer uma ruina de 1750 numa casa repleta de vidros, o seu quarto tinha 45 metros quadrados e a banheira estava à frente da cama. Há quatro anos atrás, descobriu […]
  • Há quem diga que a decoração não é para todos, mas como é lógico eu não concordo nada. Decorar é criar um espaço para nós e para os nossos, onde nos sentimos bem e, por vezes, não conseguimos fazer isso porque, simplesmente, complicamos. Menos é mais. A chave para tudo é descomplicar, principalmente para que […]
  • Um local perfeito para inspirar-nos neste quente verão, que refresca os nossos dias e aquece a nossa vontade de passar um fim-de-semana junto ao mar. De preferência um mar cintilante em cor azul-turquesa e num local onde o bom tempo nos deixe aproveitar cada raio de sol. Estamos em Valência, cidade que visitei este ano […]

  • Sim! Vamos inserir uma pitada do estilo mais irreverente e potente que há: o industrial. Caracterizado por ser bastante pesado, onde os elementos desgastados e envelhecidos são os reis. A madeira tosca e de “atitude” agressiva também faz parte, sem esquecer elementos estruturais à vista e desbastados, que deixam ver tijolos e até tubagem. E […]
  • As mesas-de-cabeceira são pequenas, é verdade, mas bastante úteis. Por vezes, é nos difícil escolher, mas uma mesa como esta pode ser qualquer coisa, pode ser apenas umas ou podem ser duas, iguais ou não. Não há regras, há gostos. E o Meu Rebuliço trás cinco dicas para ter uma mesa-de-cabeceira original, simples e que […]
  • Setembro é o mês que, para muitos, significa o retorno da rotina, mas também pode significar o início de uma nova fase e até mesmo de novos objetivos. Tivemos todo o verão para descansar e esquecer o que correu mal, agora só temos de criar novas metas e lutar para lá chegar. Na decoração passa-se […]
  • Adoro a cor verde das plantas. Têm um brilho especial que destaca, principalmente com uma parede de fundo branco. E nesta publicação vamos coloca-las por todos os recantos da nossa casa. Existe o mito das avozinhas, que diz que não podemos dormir ao lado de plantas. É verdade, de noite elas fazem a fotossíntese, consomem oxigénio e libertam dióxido […]

  • Este ano, as minhas férias, foram muito mais que uma viagem de prazer e descanso. Foram uma experiencia cheia de aventuras e vivencias, felizes, menos felizes, divertidas, chocantes… houve de tudo. A Índia é um país especial, cheio de contrastes que nos fazem pensar no que realmente importa. Normalmente, este país, com mais de um […]
  • Estamos em pleno verão e o calor aperta, a praia é o destino mais apetecível e a mim apetece-me relembrar a minha viagem à Tailândia.
  • Era cedo, muito cedo e lá fomos nós para o aeroporto. Partimos de Banguecoque até Chiang Rai, a capital de província mais a norte do país. A região faz fronteira com Myanmar e Laos. Um lugar longínquo, que ainda não foi dominado pelo turismo de massas.
  • Estes mercados eram muito tradicionais na Tailândia. Principalmente, nos arredores de Banguecoque. A maioria, tornou-se numa atracção turista, mas não deixaram de transmitir a sua essência. 

Newsletter do Meu Rebuliço

Seja o primeiro a saber todas as novidades