HISTÓRIA | A CASA DOS MEUS SONHOS #5

Sou do mais sonhadora que possa haver, por vezes, dou por mim a imaginar-me como seria se isto ou aquilo acontecesse, criando diálogos e histórias que poderiam ocorrer. Louca?! Talvez, mas não me importo porque o que mais me faz sorrir são os meus sonhos, mesmo que muitos deles não se concretizem, sou feliz a imagina-los. É tão bom sonhar.

Isto também me acontece nos sonhos físicos, como pode ser uma casa. Adoro imaginar como gostaria que fosse e, a maioria das vezes, como já devem ter reparado nas minhas anteriores “Casas dos meus sonhos”, adora-as amplas, repletas de branco e com muito espaço livre para viver. Também aprecio que a casa tenho personalidade, como são os elementos arquitetónicos bem marcados, mas que não cansem. A mistura da madeira natural de tonalidade clara, misturada com branco e elementos mais marcantes, como pode ser o cimento ou o tijolo à vista, deixam-me fascinada.

Esta é uma típica penthouse dos anos cinquenta, em São Paulo, que foi completamente recuperada e tratada com muito carinho pelo estúdio de arquitetura Estúdio Paralelo, para se transformar em uma das casas dos meus sonhos. São dois pisos, com sessenta metros quadrados cada um, que deixam espaço para viver, conviver e relaxar.

Os meus elementos preferidos desta obra são as janelas envidraçadas em ferro, pintadas de branco, que lhe dão aquele toque industrial tão marcante, mas devido à cor escolhida misturam-se em harmonia com todos os elementos, incluído o exterior, sem deixar uma marca tão pesada como as tradicionais estruturas de armazém e fábricas em cores bastante escuras.

Já pensou em dar um toque diferente à sua casa?! Esta é uma ótima fonte de inspiração.

Se gostou desta casa, tenho a certeza que também vai adorar estas:

fonte: Arquitectura y Diseno

Tags :

Também vai gostar:

  Subscribe  
Notificar-me de