HISTÓRIA | O PURO MINIMALISMO ESCANDINAVO

Nesta publicação, quero que viaje até à capital sueca, para perceber o quão simples é ter uma casa harmoniosa. Daquelas que entramos e não queremos sair. Daquelas que o sofá é um ninho e a cama a tranquilidade que precisamos para acordar no dia seguinte a sorrir.
 
Estocolmo já nos habituo às suas casas simples, com o mobiliário que realmente faz falta e nas proporções certas. Para quê ter um louceiro, cheio de coisas que não usamos?! As recordações ficam em nós e não nos objetos. Isto é a premissa principal, para ter uma casa harmoniosa e acolhedora, bem ao estilo dos nossos queridos nórdicos.
 
Nunca é demais reforçar, que espaços pintados de branco dão amplitude, trazem luz e harmonia. Não me venham com a desculpa que o branco cria espaços frios, porque neste pequeno apartamento podemos verificar totalmente o contrário.
 

 

Se gostou desta casa, tenho a certeza que vai adorar estas:

 

| siga todas as novidades do Meu Rebuliço no facebookinstagram e pinterest |

 

fonte: Bostasrattsspecialisten

Tags :

Também vai gostar:

Deixe um comentário

Notificar-me de