5 DICAS | VIVA AO ESTILO HYGGE

Hygge é uma das palavras do ano (que se prenuncia hu-ga) e é a fórmula mágica que os daneses utilizam para, ano após ano, serem considerados dos povos mais felizes do mundo, senão os mais.

A frase que resumiria esta expressão, que também é um adjetivo, um substantivo, um advérbio e até um verbo, poderia ser “ser feliz com pequenas coisas”, mas tal como a nossa “saudade” não tem tradução.

É o sentimento de paz e tranquilidade interior que nos pode proporcionar beber uma chávena de chá à janela, numa tarde de domingo chuvosa e com uma matinha a aconchegar o momento.

A prioridade é o bem-estar e as pessoas. Rodear-nos de boas pessoas e de pequenos momentos felizes, de forma confortável. Devido ao clima, na Dinamarca, poder-se-ia dizer que esta “forma de vida” acontece mais vezes dentro de casa e, principalmente, no outono e inverno, quando o sol deixa-se ver muito pouco.

Para conseguirmos alcançar esta felicidade, como é lógica, o sistema socioeconómico dos países nórdicos também ajuda muito. Mas quando não conseguimos mudar isso, o melhor é seremos felizes com o que temos, como é a nossa casa.

Vamos transformar o nosso lar, no nosso recanto hygge.

 

1 – PLANEAR PARA TER TEMPO

É muito importante uma vida organizada, sem a desculpa do “não tenho tempo para isso”. Temos que ter tempo para nós, para os nossos e para o que nos dá prazer. Em vez de ficar horas agarrado ao telemóvel, a ver coisa sem interesse, por mera curiosidade, sente-se, relaxe, leia e um livro… faça o que gosta ao final do dia ou ao chegar a casa. A base do hygge é planear.

 

2 – AQUECER O NOSSO LAR

A lareira é dos elementos mais importantes e considerado o melhor antidepressivo, para os praticantes de hygge. Outro elemento que se pode juntar a este grupo são as velas, em média, cada danês consome seis quilos de cera de vela por ano. Também neste grupo, podemos inserir os pavimentos de madeira natural que trazem um toque de conforto incomparável.

 

3 – O ACONCHEGO DOS TÊXTEIS

Uma cama confortável é como um ninho que nos atrai. Ter uma cama blindada de almofadas, mantas e todo o tipo de conforto é a chave para um momento de felicidade. A isto, também podemos juntar o nosso sofá, para quando nos sentemos nele a ler aquele livro tão especial estejamos confortáveis.

 

4 – ABRIR A CASA A BONS CONVIDADOS

Um elemento muito importante para os daneses é a convivência, mas não a convivência em cafés e bares, mas sim dentro de casa. Uma casa com poucas divisões e com uma cozinha aberta, é essencial para se poder cozinhar em conjunto e partilhar conversas antes de um jantar com amigos com que se sinta bem.

 

5 – VIVER O AGORA

Ninguém sabe o dia de amanhã, por isso o mais importante é viver o agora. Esqueça o serviço de jantar para ocasiões especiais: use-o já. Não perca tempo com pessoas que não o fazem sentir bem, o mais importante é o nosso bem-estar, dentro e fora de casa.

Uma forma também interessante de apreciar o que temos é o Wabi-Sabi, um termo bastante usado por esta internet fora, nos últimos tempos, que nos mostra a forma de apreciarmos o que não é “perfeito”, que expliquei nesta publicação.

Vamos lá ser felizes com pequenas coisas!

 

| siga todas as novidades do Meu Rebuliço no facebook, instagram e pinterest |

 

fonte: AD España, Observador e Pinterest

Tags :

Também vai gostar:

Deixe um comentário

  Subscribe  
Notificar-me de